ABPIP participa da Mesa Reate Bahia

Evento deu sequência à agenda do Programa de Revitalização das Atividades de Exploração e Produção de Petróleo e Gás Natural em Áreas Terrestres (Reate)

A ABPIP participou ontem (26/1) da Mesa Reate Bahia, evento voltado para a atração de novos investimentos e o desenvolvimento do potencial petrolífero terrestre da Bahia. A cerimônia foi promovida pelo Ministério de Minas e Energia (MME) com o apoio do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial e Centro Integrado de Manufatura e Tecnologia (SENAI CIMATEC) e pela Federação das Indústrias do Estado da Bahia (FIEB), além de contar com a participação de diversos órgãos públicos e privados.

Representada pelo Secretário Executivo, Anabal Santos Jr., a ABPIP esteve presente contribuindo para a consolidação de um ambiente de negócios onshore mais atrativo, dinâmico e desburocratizado e para o desenvolvimento da indústria do petróleo e do gás natural no Brasil.

Dentre os desafios debatidos na Mesa, pode-se destacar: Renovação de licenças ambientais vencidas; Aumento da demanda de GN no Estado da Bahia; Acesso a infraestrutura de escoamento e outras instalações essenciais; Desinvestimento da Petrobras; Poço Transparente; Comercialização de Petróleo e Gás Natural; Banco de rochas no estado da Bahia; Revisão dos critérios para exigência do Regulamento Técnico do Sistema de Gerenciamento da Integridade Estrutural das Instalações Terrestres de Produção de Petróleo e Gás Natural (SGI); Fomento à cadeia de bens e serviços local e Armazenamento de gás natural.

O evento aconteceu na modalidade online e deu sequência à agenda do Programa de Revitalização das Atividades de Exploração e Produção de Petróleo e Gás Natural em Áreas Terrestres (Reate). A Mesa Reate teve sua 1ª edição de forma presencial em Mossoró, no Rio Grande do Norte, em novembro de 2020.

A gravação completa da Mesa Reate Bahia está disponível no canal do Youtube do SENAI CIMATEC e você pode ter acesso clicando aqui.



Deixe uma resposta